Author Archives: Andrés Rodríguez Ibarra

About Andrés Rodríguez Ibarra

Filósofo, autor de uma tese sobre a liberdade em Foucault, defendida em 2008 na USP.

O ocaso da esquerda

CAMINHOS CRUZADOS Meu trajeto pro trabalho, todo dia, possui um grau de civismo difícil de ser equiparado. Passo por três palácios (Planalto, Justiça e Buriti) um Congresso Nacional, uma esplanada inteirinha de ministérios, dois tribunais (de Contas e de Justiça … Continue lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

O último Rushdie e a nossa política

A PROPÓSITO DO NOSSO DESALENTO The Golden House, o mais recente – recém-lançado – romance do escritor anglo-indiano Salman Rushdie, talvez seja a sua maior realização literária até o momento. Sendo seu assíduo leitor, essa afirmação tem um peso pois, … Continue lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Sonâmbulo, por Andrés R. Ibarra

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Super Só & Outros Videoclipes, de Miriam Virna e Cia.

SUPER ACOMPANHADA São bem diversos os caminhos do músico e do ator ou diretor teatral. Teatro envolve outras pessoas, grupo, ao passo que o músico pode tranquilamente sobreviver a uma rotina solitária; como se, ao ouvir o que sai da … Continue lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

A Boa Política, de Renato Janine Ribeiro

SEGUINDO EM FRENTE Renato Janine Ribeiro está com livro novo na praça. Essa é uma informação que concerne a todos os que buscam boas reflexões a respeito do presente, daquilo que cabe ser feito com a liberdade de que se … Continue lendo

Publicado em Ideias e condutas, Livros, Política | Deixe um comentário

Sobre o costume de acampar

Recentemente, retomei o acampamento em minha vida. Uma atividade que estava há anos relegada, ainda que tenha feito parte, desde a mais remota infância, da minha formação como ser humano. “Nunca acampei”, ou, então, “acampei somente uma vez, pra nunca … Continue lendo

Publicado em Hábitos | Deixe um comentário

A propósito da condenação de Lula

NOSSO WONKA Muito se reclama dos tempos que vivemos no Brasil atual. Um conjunto de circunstâncias tem feito com que tenhamos nos desentendido com gente, amigos, com os quais costumávamos concordar quando o assunto adentrava a política. Circunstâncias, cabe notar, … Continue lendo

Publicado em Política | Deixe um comentário

Poesia Sem Fim, de Alejandro Jodorowsky

A ARTE DE FUGIR DA GRANDILOQUÊNCIA SEM SE APEQUENAR Fui assistir ao filme Poesia sem fim do chileno Alejandro Jodorowsky com uma expectativa múltipla. Primeiro, por se tratar de um cineasta conterrâneo meu e de alguém que ganhou fama internacional … Continue lendo

Publicado em Arte, Filmes | Deixe um comentário

Ruídos – A Coreografia da Violência, de Wagner Hermusche

UMA PINTURA DEVERAS CONTEMPORÂNEA A exposição Ruídos – A coreografia da violência, atualmente em exposição no Museu Nacional da República, reúne duas séries de pinturas de Wagner Hermusche. Séries que distam uma da outra em algo como vinte anos. Interessante … Continue lendo

Publicado em Arte, Ideias e condutas | 2 Comentários

O Cidadão Ilustre, de Mariano Cohn e Gastón Duprat

A DANÇA QUASE IMPOSSÍVEL ENTRE O PRIMITIVO E O ELABORADO Tenho a impressão de que Mariano Cohn e Gastón Duprat, esses dois cineastas argentinos que já haviam surpreendido com O homem ao lado (2009) – e agora o fazem novamente … Continue lendo

Publicado em Arte, Filmes | Deixe um comentário